Wearables estão na moda

IDC aponta para crescimento contínuo até 2019

Os wearables, produtos tecnológicos que são utilizados com acessórios no nosso corpo e que interagem com o seu utilizador ou com outros dispositivos, vão ter um crescimento significativo, segundo as previsões feitas pela IDC, em 2015.

Segundo aquela empresa de estudos relacionados com a área de marketing, este ano deverão ser comercializados 72,1 milhões desses dispositivos (relógios e pulseiras inteligentes, por exemplo). Ou seja, um valor que revela um aumento anual de 173% face aos 26,4 milhões do ano passado.

Além disso, nos próximos cinco anos espera-se um crescimento de 42,6%, prevendo-se que em 2019 se chegue a 155,7 milhões de wearables comercializados.

Segundo Jitesh Ubrani, especialista da IDC, “a procura de wearables de base, que não pode executar aplicativos de terceiros, tem sido impressionante”, mas afirma que “os wearables inteligentes”, ou seja “aqueles que permitem executar aplicativos de terceiros, serão líderes no ano que vem”.