Vice lança canal feminino

Vice cria canal feminino

O site Vice anunciou recentemente o seu 11º projeto digital, no caso o primeiro site concebido para o público feminino, Broadly. Um novo projeto que vai concorrer diretamente com conceitos como Jezebel, Hairpin ou Bustle, no entanto, segundo a diretora de conteúdos da publicação Tracie Egan Morrissey, em declarações à Adweek, haverá uma diferença notável: “A primeira coisa é que não haverá quaisquer comentários no site”.

E a explicação é simples. “Se alguém quiser dizer algo agradável pode enviar-nos um email, se quer dizer algo de mal, então pode ir para o inferno”, explicou, justificando a decisão: “os meus redatores merecem ser protegidos”.

Lançado nos EUA, Reino Unido e Canadá, o Broadly vai tocar em temas de um ponto de vista feminino, incluindo política, cultura, sexo e moda. Morrissey, juntamente com a editora Shannon Kelley, trabalharam no site nos últimos 10 meses.

Um site que promete uma abordagem diferente, de acordo com a cultura do Vice. “Sempre fui uma grande fã do tom utilizado pelo Vice e sua abordagem. Ninguém produz conteúdos digitais da forma como o Vice faz”, acrescentou.