Washington Post bloqueia utilizadores

Adblock vai criar conselho de análise

O The Washington Post começou a sua luta contra os utilizadores que se servem de software para bloquear publicidade. Recentemente os responsáveis daquele jornal norte-americano bloquearam o acesso aos utilizadores que tentavam ler artigos, apresentando uma mensagem muito especial.

A mensagem em causa cumprimento os visitantes da página washingtonpost.com que utilizavam software de bloqueio de anúncio. “Estamos a fazer um teste muito curto do que acontece no site para ver como podemos envolver ainda mais os leitores que possam estar a usar bloqueadores de anúncios”, disse uma porta-voz da empresa. O movimento foi relatada pela primeira vez pelo BuzzFeed.

Washington Post luta contra os bloqueadores de anúncios

O jornal está a testar diferentes métodos de responder aos bloqueadores instalados pelos utilizadores,  como pedidos para que se inscrevam no site, na newsletter ou desativar o software de bloqueio de anúncios.

“Muitas pessoas já recebem nosso jornalismo gratuitamente on-line, e, a longo prazo, sem a receita através das assinaturas ou publicidade, não iremos ser capazes de dar o jornalismo que as pessoas que leem o nosso site esperam de nós”, revelou ainda o mesmo responsável. “Muitas vezes, corremos testes como este não em reação a um problema, mas para aprender”, disse ainda o porta-voz.

O bloqueio de utilizadores que instalaram softwares bloqueadores de anúncios não é uma prática comum, mas já foi testado por outras empresas. Tanto a a CBS Video com a Hulu recusaram-se a reproduzir vídeos para as pessoas que executam bloqueadores de anúncios.