Estudo revela desmotivação dos publicitários

Desmotivação atinge os publicitários

Os publicitários estão entre os trabalhadores menos satisfeitos com o trabalho que desenvolvem. Perplexo? Bem, esta é a principal conclusão de um estudo levado a cabo pela Campaign Us, uma publicação especializada em Marketing e Publicidade. Segundo o estudo 37% dos profissionais de publicidade considerou a sua motivação no trabalho como “baixa” ou “perigosamente baixa.”

Apenas 29% avaliaram a sua motivação no trabalho como boa ou muito boa e os restantes 43% disseram que é satisfatória.

Entre os profissionais que estão desmoralizados nos seus postos de trabalho, 70% revelaram estar ativamente à procura de outro emprego. Esta percentagem cai para 20% entre aqueles que qualificam a sua motivação no trabalho em publicidade como “boa” ou “muito boa”.

Segundo o estudo, com o caminhar dos anos tornou-se cada vez mais difícil trabalhar na indústria da publicidade. Para 58% dos publicitários a motivação dentro da empresa onde trabalham é atualmente menor do que há um ano.

A administração da empresa, a falta de oportunidades para o crescimento profissional, o salário, e a dificuldade de conciliar a vida pessoal com a vida profissional são os fatores que mais afetam a motivação dos trabalhadores. Quanto aos fatores que mais contribuem para elevar o moral dos publicitários, a possibilidade de conciliar o trabalho com a vida familiar, os salários e a satisfação no trabalho são os principais.