Facebook quer liderar no vídeo

Facebook aposta no vídeo

A rede social mais popular do mundo, o Facebook, quer mais para além da social media e da publicidade. Também quer liderar em vídeo on-line. No entanto, para tal, terá de ultrapassar o seu rival YouTube. O problema é que está pronto para isso mesmo.

Para dar início à nova estratégia lançou uma nova ferramenta dedicada à descoberta de vídeos e descreveu-a num post no seu blog como “parte integrante” da rede. Se antes dedicou os seus formatos de vídeo em 360º a ​​marcas e aos media, agora também quer satisfazer as necessidades dos seus utilizadores através desta nova ferramenta.

No seu primeiro teste, o Facebook está a experimentar a ferramenta na aplicação mobile, de um modo muito semelhante, com os vídeos mostrados a serem provenientes das páginas que os utilizadores seguem, bem como os vídeos partilhados pelos amigos ou guardados nos favoritos.

No entanto, estas primeiras experiências não estão disponíveis para todos. Segundo o Facebook, a nova ferramenta, nesta primeira fase, só será testada “com um número reduzido de utilizadores, por isso é algo que as pessoas não poderão ver imediatamente” .

A nova secção, agora chamada de “Vídeos”, usará o mesmo algoritmo do News Feed. Além disso, a empresa confirmou que também está a explorar uma nova ferramenta, uma versão dos “vídeos sugeridos” que exibirá conteúdo relacionado com o vídeo inicialmente selecionado, mas com inserção de publicidade, experiência com a qual o Facebook se mostrou “satisfeito com os resultados iniciais” nos utilizadores de iPhone.

O vídeo é sem dúvida a grande aposta do Facebook que revelou ainda que está a desenvolver outras ferramentas como a possibilidade de se reproduzir vídeos de forma automática enquanto o utilizador realiza outras ações no Facebook.