Sandra Moás – Diretora-Coordenadora Direct

Direct

Adequar a oferta às necessidades dos clientes e apostar na diferenciação. Estes são dois dos eixos onde assenta a estratégia da Direct no mercado nacional, como contou Sandra Moás, em entrevista à Buzzmedia.

 

Que nova campanha é esta da Direct? 

Esta campanha é uma campanha de Natal, orientada especificamente para os pontos de venda que temos no Oeiras Parque, Mar Shopping e Almada Forum. Consiste em atribuir um cartão de oferta de 20 ou 40 euros para gastar no centro comercial em questão, por cada apólice que for subscrita. É um desconto imediato, que o cliente pode usufruir no minuto seguinte.

A campanha está disponível até ao final do ano. Pode e deve ser aproveitada por todos os que, até lá, vão renovar o seu seguro, preferindo fazê-lo com a Seguro Directo.

 

Quais os objetivos? 

O objetivo é claramente aproveitar uma altura do ano em que, por um lado há maior afluência nos Centros Comerciais, e por outro lado, em termos de sazonalidade, é uma altura propícia à compra ou troca viaturas, quer por maior rendimento disponível das famílias, quer pela dinamização de descontos normalmente praticados pelos concessionários nesta altura do ano.

 

Depois de uma mudança de comunicação, com a contratação de Daniel Oliveira para dar a cara pela marca, qual a estratégia que a Direct vai seguir? 

A Direct pretende seguir uma linha onde o cliente está no centro da nossa estratégia. Desta forma, continuaremos a apostar numa comunicação de proximidade com os clientes e potenciais clientes, e nesse sentido, a escolha de Daniel Oliveira como embaixador, adequa-se perfeitamente a este posicionamento. Sem esconder que a nossa principal preocupação é oferecer escolhas acertadas, em que o valor percecionado pelo serviço (de forma transversal) é bastante maior ao valor financeiro que o Cliente efetivamente paga. Para além disso, continuaremos a explorar novas formas de comunicação, novos canais e novas ofertas.

 

Num mercado muito competitivo como o dos seguros, é cada vez mais difícil? 

Num mercado competitivo, independentemente do setor em que se opera, a diferenciação, revela-se fundamental para nos destacarmos da concorrência e sermos «preferidos» pelos Clientes.

Na Direct temos vindo a adequar a nossa oferta às necessidades dos nossos Clientes, a título de exemplo, lançámos recentemente duas coberturas no mercado português: uma, totalmente inovadora, focada na proteção à família, em que, em caso de morte de ambos cônjuges, duplicamos o capital seguro a favor dos filhos ou dependentes do condutor, reforçando assim a capacidade de subsistência destes.

A outra cobertura está focada na assistência ao animal de estimação, em caso de acidente de viação, uma vez que estes cada vez mais partilham as viagens com os seus donos, em passeios de fim-de-semana, férias ou pequenas deslocações.

 

Que outras iniciativas vamos poder ver da Direct? 

Temos também a decorrer uma campanha member-get-member, em que oferecemos o valor do seguro automóvel a quem trouxer determinado número de amigos para companhia.

Esta oferta é possível porque, por um lado, os nossos clientes estão satisfeitos – já que os estudos nos demonstram que 85% nos recomenda a amigos e a familiares. Por outro lado, o word of mouth é uma das melhores e mais credível forma de publicidade – eu só recomendo se realmente estiver satisfeita com o serviço.

Como tal, decidimos que a melhor forma seria premiar os nossos clientes canalizando, para estes, parte do nosso investimento em publicidade.