The Sun acaba com paywall

The Sun acaba com paywall

O enquadramento da publicidade digital está a mudar e muito por culpa do crescimento dos adblockers, que está a colocar em risco os modelos de negócio de muitos editores. Situação que tem levado também ao crescimento da chamada paywall, ou seja, o bloqueio dos conteúdos, obrigando ao pagamento de uma taxa aos utilizadores para possibilitar a sua leitura.

Mas, o sucesso das paywalls não tem sido para todos. Que o diga o jornal britânico The Sun. Depois de ter lançado a sua paywall em 2013, o tablóide anunciou recentemente que no final de novembro que vai colocar um ponto final neste modelo.

A questão que se coloca é: que estratégia vai o The Sun seguir agora, no sentido que reconstruir o seu público digital, sendo que a pressão ao nível do lucro está mais alta do que nunca.

Dominic Carter, recentemente nomeado diretor comercial da News UK, empresa que publica o The Sun e The Times, deu uma entrevista, ao Digiday, na qual abordou as estratégias que vai implementar para alcançar os diferentes desafios que enfrenta.

O primeiro passo será duplicar a equipa do departamento comercial digital, reconhecendo que “a proposta de vendas, perante uma paywal, é obviamente muito diferente.” O objetivo é dobrar a atual equipa de 16 elementos nos próximos seis meses.

“O principal desafio será equilibrar a proteção do legado de nosso negócio de impressão, que ainda atrai milhões de leitores por dia, enquanto aumentos a nossa notoriedade digital”, responde quando questionado sobre o aumento da concorrência. Carter acredita que, embora o mundo da tecnologia digital tenha mudado, o The Sun ainda é “a voz da Grã-Bretanha.”

Graças à paywall, o The Sun recolheu os dados de muitos utilizadores, no entanto admite que até agora estes não foram trabalhados da forma mais eficiente, situação que pretende mudar, no sentido de os converter em dados úteis para os anunciantes: “Temos de ser mais sofisticados com os dados e colocar os dados no centro de tudo o que fazemos “.