Anúncios dirigidos são mais eficazes

Publicidade

Conseguir que os anúncios atinjam o seu público-alvo é um dos maiores desafios dos anunciantes e, estudos recentes, apontam para uma crescente eficácia no meio digital. De acordo com um estudo recente da Adadyn, a maioria dos compradores on-line norte-americanos acreditam que os anúncios que lhe são mostrados estão de acordo com os seus interesses.

Embora ainda existam diferenças nas idades, os utilizadores mais jovens são mais propensos a concordar com esta ideia de eficácia da publicidade, enquanto entre os mais velhos o número é mais baixo.

Além disso, os resultados mostram que quanto mais específicos são os anúncios, mais úteis serão. Para 68% dos entrevistados a publicidade mobile dirigida aos utilizadores de geolocalização é útil. Para os jovens entre 18 e 24 anos esse número representa 77%.

Do estudo percebeu-se ainda que não é só o targeting que está a ser mais eficaz, também o retargeting está a mostrar-se positivo: 61% dos utilizadores responderam que visualizar anúncios em páginas visitadas recentemente permitiu-lhes completar as compras que tinham planeado.

Também curiosos são os dados relativos ao marketing local: 71% dos consumidores estar mais disponíveis para anúncios sobre empresas locais, em vez de grandes cadeias nacionais.

Ou seja, quanto mais dirigidos os anúncios forem, mais relevância e notoriedade ganham. Na verdade, 40% dos utilizadores de Internet dos EUA afirmam que é a relevância pessoal dos anúncios que os leva a clicar.