iBeacon: Apple aposta no Marketing de proximidade

iBeacons

A Apple vai lançar-se no mundo dos Beacons, uma tecnologia que funciona como uma espécie de GPS para ambientes interiores. Recentemente, a Apple solicitou a patente de uma app que pode utilizar a rede iBeacon para identificar utilizadores de iPhones com uma espécie de Identificador Único Universal.

Os Beacons são pequenos dispositivos sinalizadores que podem ser colocados em ambientes fechados e que possuem a capacidade de comunicar com outros dispositivos. Já o iBeacon é um dispositivo da Apple que comunica por Bluetooth com iPhones e iPads com iOS 7 ou posterior instalados. Sempre que o utilizador passa junto de um dispositivo com esta tecnologia, o Bluetooth do dispositivo vai detectar um iBeacon nas proximidades.

Apesar da tecnologia Beacon existir há algum tempo, ainda não foi completamente assimilada, com a Apple a passar agora informação relevante para marcas, com o intuito de estas aderirem à tecnologia. Uma das formas de aplicar o iBeacon no marketing de produto passa por enviar anúncios para o iPhone de um consumidor quando ele passa por determinada prateleira numa loja, por exemplo. Este envio de informação pode ser usado para ativar uma app, enviar uma mensagem ou uma notificação para o telefone.

Na patente que apresenta, a Apple explica que o sistema tem potencial para obter informações sobre os utilizadores de iPhone, incluindo as suas moradas: “Tais informações pessoais podem incluir dados baseados em localização, endereços, identificadores de contas de assinantes ou outras informações de identificação”, revela o documento.

Quando o iBeacon envia um sinal para um iPhone ou iPad, os gerentes da loja podem, em seguida, acompanhar os resultados.