Washington Post cria novo formato publicitário

The Washington Post

Começa a dar frutos o trabalho de Jarrod Dicker no The Washington Post. É bem certo que são apenas três meses, no entanto, o reconhecimento do trabalho feito já é uma realidade, atestado pelos números, ele que foi contratado para dar um novo impulso ao negócio digital do jornal.

Tanto é que em outubro o The Washington Post ultrapassou o The New York Times em utilizadores únicos pela primeira vez e voltou consegui-lo no mês seguinte. Jeff Bezos, dono do jornal, levou a cabo uma mudança editorial fazendo da inovação um dos pontos-chave da sua estratégia, que também tem sido aplicada na publicidade.

O resultado é RED, uma equipa liderada por Dicker que assegura: “Estamos a investir muito em fazer as coisas nós próprios e ser proprietários, especialmente em termos de tecnologia de publicidade”.

A realidade é que acaba de lançar o seu segundo produto em apenas três meses. Chamado de “PostPulse”, trata-se de uma nova unidade publicitária com base no uso da ferramenta Calvis que analisa que tipo de conteúdo que mais interessam aos leitores ​​através do seu histórico.

Esta unidade publicitária, do The Washington Post, será construída através de brandend content e com um carrossel de conteúdos que recomendará artigos aos utilizadores com base nos dados obtidos a partir deles. “O que eu gosto sobre este produto é que o anunciante começa a ser o motor da recomendação para um utilizador em particular”, disse Dicker.