Millennials: os que mais confiam na publicidade!

Millennials

A questão é simples: considera os diferentes grupos geracionais ao definir as suas estratégias e campanhas de marketing e publicidade? Se a resposta for não, então pode ter um problema. A era é a da personalização e os consumidores exigem cada vez mais uma maior proximidade e humanização das marcas.

Neste âmbito, toda a estratégia e a sua definição deve ter em atenção outra questão: a quem nos estamos a dirigir? Aqui, a idade desempenha um papel chave, já que os interesses e necessidades variam em função de um fator tão determinante como a idade. As Gerações Z, X, Y, os Baby Boomers, Millennials e geração silenciosa. Estas são mais ou menos as divisões geracionais com as quais trabalhamos hoje.

Mas, destes, qual é que tem maior confiança na publicidade? De acordo com dados do último estudo realizado pela Nielsen, são os Millennials, de forma surpreendente ou não, os que mais confiam em quase todos os formatos de publicidade.

Um resultado de nível internacionalmente, uma vez que o estudo teve como base indivíduos de 60 países, dos quais 53% afirmaram ser o formato de publicidade em vídeo online que gera maior confiança.

As redes sociais ocupam a segunda posição, identificadas por 51% dos Millennials entrevistados. Os banners fecham o top 3 com 47% de respostas positivas.

Por outro lado, e à parte deste top 3, salienta-se a opinião partilhada por todas as gerações de que o que gera mais confiança não é a publicidade, mas as recomendações de amigos e familiares.

Assim, vemos que 85% dos entrevistados Millennials confiam nas recomendações, sobre produtos e serviços, por parte de conhecidos enquanto a percentagem é de 83% para os membros da geração Z e X, caindo para os 80% nos Baby Boomers e para 79% na geração silenciosa (nascidos entre 1920 e 1940).