Elétrico trabalhado pelo artista português Vhils já circula em Hong Kong

São João da Madeira, 13/01/2013 - Mural artístico de Vhils feito em paredes da antiga fábrica Oliva.Alexandre Farto, nome artístico "Vhils". (João Manuel Ribeiro/Global Imagens)

 

Um elétrico intervencionado pelo português Alexandre Farto, que assina como Vhils, começou hoje a circular nas ruas de Hong Kong, no âmbito da primeira exposição individual do artista naquele território.

A exposição “Debris” é inaugurada apenas no dia 21, no Pier 4 (Cais 4), mas já é possível apreciar-se a arte de Vhils a circular em Hong Kong, onde o artista português também realizou intervenções em paredes e onde está há a convite da HOCA – Hong Kong Contemporary Art.