Quer fazer uma queixa? Há uma rede social para isso

LEGUMES (COUVES) NUM SUPERMERCADO. FOTO JOSE CARLOS PRATAS

Há sete anos Pedro Lourenço teve uma má experiência de consumo. Tentou resolver o problema com a marca. Não teve sucesso. Nem tinha uma plataforma onde pudesse partilhar a sua experiência com outros consumidores. Sete anos depois mais de 50 mil consumidores já o podem fazer através do Portal da Queixa.

E queixas não têm faltado. Desde o seu lançamento, em junho de 2009 até ao passado fevereiro, havia 26.825 queixas registadas de consumidores. “Apesar do número de reclamações em 2015 ter aumentado 78% face ao ano anterior, os setores que recebem mais reclamações mantêm-se os mesmos: TV, Internet e Comunicações (7.813 reclamações), Comércio eletrónico (3.602) e Serviços Públicos (2.347)”, adianta Pedro Lourenço, fundador do Portal da Queixa.