Special One é o Refreshed One na campanha mundial da Lipton

José Mourinho guarda boas memórias das filmagens no Algarve da campanha global da Lipton Ice Tea. Tratamento VIP. Ou não fosse o Special One a cara da marca na campanha de verão a nível mundial. E como todo o português, conquistaram Mourinho pelo estômago.

“Organizaram as coisas tão bem no Algarve que a empresa de catering foi ao detalhe de ir a entrevistas minhas antigas saber exatamente os meus pratos favoritos”, conta Mourinho. Foi um desfile gastronómico. Começou por favas com chouriço, seguido de bacalhau à Brás, arroz de pato e “para acabar” coelho. “Confesso que comi os quatro”, confidencia. “Depois daquele almoço a parte da tarde foi difícil.” É que se nas gravações da manhã não teve de beber ice tea, na parte da tarde foram takes atrás de takes com Mourinho a beber as diversas gamas da marca. “Pelos cálculos bebi mais ou menos dois a três litros”, conta humorado o treinador agora apresentado como “refreshed one”.

Veja aqui o que disse Mourinho na conferência de imprensa

Em maio, o mundo vai conhecer um Mourinho humorado, brincalhão num estádio de futebol. “A campanha pretende transmitir o efeito refrescante e revitalizante da marca nas pessoas”, diz João Costa, head of beverages da Unilever Jerónimo Martins. “O José Mourinho ajuda-nos a contar esta história aos consumidores, mostrando exatamente que quando uma pessoa está desconfortável com calor, sob pressão, nada como o Lipton Ice Tea para ter esse efeito revitalizante, positivo, otimista, descontraído.”

Filmada em novembro no Estádio do Algarve, a campanha exigiu alguma logística: três autocarros partiram de madrugada de Lisboa com os cerca de 300 figurantes, essenciais para criar o ambiente de estádio idealizado pela agência de publicidade londrina DDB Adam&Eve. A realização é de Vaugh Arnell que, apesar de já ter realizado anúncios para marcas como Nestlé ou Levi’s, é sobretudo conhecido pelo seu trabalho com músicos como Robbie Williams ou Jamiroquai.

Já não é o primeiro jogo de Mourinho com as marcas. O antigo treinador de Chelsea e Real Madrid foi a cara de campanhas do BPI e do Millennium bcp em Portugal e no exterior é conhecida a sua relação como embaixador para marcas como a Braun, BT Sport, Paradise Co (operador de casinos sul-coreano), Yahoo!, Jaguar, a marca de relógios de luxo Hublot (antes tinha dado a cara pela DeLaCour). Ou a sua associação a marcas como American Express, Johnnie Walker ou Armani.

“É uma parte divertida da minha vida”, diz. “As marcas que me dão a honra de ter uma relação com elas sabem que sou leal. Se dou a cara por uma marca de relógios, sabem que todos os dias irei usar o relógio. Se aceito dar a cara pela Lipton é porque bebo”, garante.

Quanto a marca teve de desembolsar pela associação a Mourinho não foi revelado, nem o investimento feito na campanha. Se se vai estender também não foi dito. “Esta será para já a campanha de 2016”, diz apenas João Costa, da Unilever Jerónimo Martins. Incógnitas que também se mantêm quanto ao futuro de Mourinho. Passado mais de três meses da sua saída do Chelsea tanto tempo livre começa a pesar, admite. “Quero trabalhar no início da próxima época e posso garantir com toda a certeza que o vou fazer”. Onde? “Vou levar as minhas ideias para quem as quiser mais”, diz. “Gosto de estar onde me querem de verdade. É o sentimento que preciso para dar o máximo”, disse o treinador que não quis comentar o campeonato português. Mas quando questionado sobre que clube precisava de beber um Lipton, já que a bebida retira a pressão, não consegue resistir e responde: “Aconselhemos Lipton Ice Tea a todos eles.”