Como capitalizar uma marca num festival de música, ou como o Coachella é um case study de branding

© Coachella

Enquanto o bom e velho Glastonbury continua um festival de música, há outros em que o principal foco está, cada vez, nas marcas e no mundo comercial. Um bom exemplo disso é o Californiano Coachella.

Anualmente, o deserto daquele estado norte americano é palco de muita música, alegria e todo um mundo de campanhas de marketing, sendo que as marcas aproveitam um dos maiores eventos do mundo, para chegarem às massas.

O econsultancy fez um artigo onde reuniu informação sobre algumas das campanhas que mais capitalizaram as marcas, antes, durante e depois do festival.

Pop-up stores e Festas

Este ano, o envolvimento das marcas começou ainda antes do acontecimento. O buzz e a emoção pré-festival, fez com que as vendas online disparassem.

O Revolve’s Social Club normalmente organiza apenas eventos exclusivos para membros, mas este ano lançou uma pop-up store, aberta ao público em geral, onde vendeu uma edição limitada de produtos inspirados no festival, com o objetivo de gerar entusiasmo e necessidade de compra nos seus consumidores e chamando a atenção.

Mas estes eventos pré-festival, são só o começo. A maior parte das festas e das pop-up stores acontecem durante o fim de semana do festival.

A Heineken é um bom exemplo de marca que oferece uma “experiência” aos festeiros. O seu conceito de “Casa Heineken”, para entreter e divertir os visitantes, enquanto lhes passam a mensagem da marca.

Brindes

Muitas marcas de luxo oferecem produtos durante o festival, simplesmente porque o público do Coachella é exatamente o seu tipo de consumidor. A marca de tequila Casa Dragones, estabeleceu um parceria com um serviço de helicópteros para oferecer aos consumidores uma viagem, sobrevoando o recinto do festival.

Inspiração Moda

Enquanto os mais famosos estilistas são vistos na Coachella, as marcas de rua ainda tentam imitar a aparência do festival, com a venda de produtos inspirados no próprio evento, mesmo que não estejam diretamente vinculados a ele.

O Coachella revolucionou o mercado da moda,. Há marcas que usam o seu nome para impulsionar as vendas, e o próprio ambiente do festival influencia os próprios designers de moda nas suas criações.

Influenciadores de social media

Durante o festival, as marcas querem ver os seus produtos promovidos por celebridades, pagando mesmo a alguns micro-influenciadores de social media para participar de festivais como o Coachella.

Este ano, a Keihl’s convidou vários micro-influenciadores de beleza para apresentar os seus produtos de beleza nos seus próprios canais de social media, em associação à sua presença no festival.