Exemplo prático de storytelling e content marketing: como o Wyoming está a ir mais longe

Nos dias que correm, não é possível dar mais do que dois passos até alguém nos falar sobre a importância do conteúdo e do storytelling – e o Buzzmedia não é exceção. Mas desta vez, mais do que falar sobre a importância geral destes conceitos, vamos mostrar como estão a ser implementados com resultados positivos, graças a um artigo do site Sojern.

O artigo incide sobre a estratégia do Wyoming Office of Tourism, que durante anos dependeu quase exclusivamente de suportes fotográficos para mostrar o encanto – inegável – das suas vastas planícies e das cadeias montanhosas deste estado norte-americano.

Esta entidade oficial mudou, contudo, a sua abordagem nos últimos anos, focando a sua comunicação nas histórias da região, mais do que se limitar a mostrar que o estado tem beleza natural que chegue para uma vida.

Histórias sobre as mulheres cowboy, por exemplo, são um ângulo diferente sobre uma componente cultural fortemente enraizada na região, que mostra mais do que uma simples foto. São uma visão intimista sobre as tradições do Wyoming, algo que se transforma num “produto” diferenciador, uma vez que os responsáveis do turismo reconheceram que as paisagens, ainda que deslumbrantes, são semelhantes às dos estados vizinhos.

O digital storytelling foi o caminho escolhido e em 2016 foi lançado o portal “That’s WY”, um trocadilho com as iniciais do estado do Wyoming. Um site que agora está alinhado numa estratégia de produção de conteúdos, que segue algumas regras que podem ajudar entidades semelhantes. Entre elas, talvez a mais importante seja logo a primeira: “que histórias únicas tem para contar?”

Leia o artigo na íntegra para saber as linhas condutoras da estratégia do Turismo do Wyoming e pense na forma como pode adaptar essa estratégia à comunicação das suas histórias, criando um laço com o público que uma simples foto com copy nunca poderá alcançar.