Arte invisível é um rasgo de criatividade no âmbito da solidariedade social

 

Este ano o festival Vivid Sydney vai brindar os seus convidados com uma grande surpresa. Segundo um artigo publicado pela VMO  vai ser instalada no festival uma arte invisível para a Fundação Fred Hollows, criada pela The Core Agency.

Esta agência criativa desenvolveu uma experiência imersiva chamada ‘The Gift of Sight’ (o dom da visão), para aumentar a consciencialização para a Fundação Fred Hollows e o trabalho que faz para recuperar a visão das pessoas que vivem com cegueira em todo o mundo.

Com a participação de vários artistas de rua (Anthony Calvert, Anthony Lister, Aroha Groves, Bryan Itch, Buff Diss, Buttons, Christian Vine, Dan Cycles, David Lee Pereira, Lotte Smith, Martin E Wills Megan Hales, Michael Birchall, Mulga, Not Not Cam Scott, Shannon Crees, Skullavera, Tim Phibs e Xander ‘knoswet’ Zee)  e através do uso de tintas UV especiais foram produzidas obras de arte que não podem ser vistas a olho nu.

Os visitantes entram num espaço escuro e só poderão ver as peças através do uso de lanternas UV, fazendo as obras de arte invisíveis aparecerem, na escuridão, em cores brilhantes.