Dá trabalho? Dá, mas os resultados são bem mais positivos

 

Não há dois profissionais do marketing iguais, mas segundo um artigo da Forbes há um traço comum aos marketeers que têm sucesso: eles registam e acompanham tudo. E quando dizemos tudo, é mesmo tudo, e esta é uma noção particularmente importante quando falamos de marketing aplicado ao setor financeiro.

Em primeiro lugar, eles registam o que estão a fazer.

E isto é tão simples como a frase indica, cada ação que estes marketeers tomam é registada, desde os anúncios nas redes sociais, às pessoas com as quais comunicam no Twitter, colocação de links para o site da sua marca, entre muitas outras ações. Aliás, todas as ações. Não basta implementar uma estratégia, é preciso fazer a contabilidade de cada detalhe, para que se possam ser feitos ajustamentos, por muito pequenos que possam parecer, que tenham efeitos positivos para esta estratégia.

Eles sabem o custo.

Existem formas de gerar tráfego e buzz no reino digital, mas é quase certo que a determinada altura os marketeers vão ter de recorrer a métodos mais eficazes, que são pagos. Quando os custos são conhecidos, sabemos se estamos dentro do orçamento. Quando os custos são conhecidos, sabemos se estamos a gerar retorno positivo a partir do investimento. Gastar à toa já levou muitas empresas as fundo, e esse não é um comportamento que queira replicar.

Eles registam os resultados.

Depois de registarem as ações e os custos, falta registar os resultados. Os anúncios pagos estão a reverter-se em gostos ou cliques? Está a perder dinheiro com uma campanha em determinada plataforma e a conseguir bons resultados noutra? Quando se registam estas variáveis, consegue-se uma melhor perspectiva, e tudo começa a fazer sentido. As estratégias podem ser afinadas, e os resultados serão seguramente melhores por serem fundamentados por dados. Uma abordagem com raízes no setor financeiro, que vale a pena transferir para o marketing financeiro.