Pagar para ter um namorado é marketing do bom

Segundo a AdAge, Lacey Waterman, uma designer gráfica de 30 anos, esteve uma grande parte de sua carreira a trabalhar como freelancer em Nova York e Los Angeles.

Agora com mais tempo e um emprego estável, teve a ideia única de lançar um desafio ao público para a ajudarem a encontrar o homem ideal.

Cansada de aplicativos de encontros e após sete tentativas falhadas, Lacey decidiu tentar algo diferente. Escreveu uma proposta, fez uma sessão fotográfica e publicou tudo nas redes sociais e no seu site The Lacey Minimalist. “Não é um jogo, é uma nova ideia de casamento milenar“.

Na expetativa de só pagar esse valor uma única vez, Lacey acredita que esta pode ser finalmente a solução. A ideia é que chegue pelo menos aos 10 encontros com essa pessoa para que os mil dólares sejam pagos.