Um processo fundamental para compreender o futuro? Assustar as pessoas, claro!

A Ford fez um teste que surpreendeu muitos peões que andavam pelas ruas da Virgínia. Segundo uma publicação da Co. Design a marca colocou ao volante “Fantasmas” (motoristas escondidos), que conduziram e cumpriram todas as normas de trânsito. Obviamente quem teve a oportunidade de se cruzar com o carro ficou estupefacto.

Esta foi uma forma dos engenheiros da Ford compreenderem os sinais dados pelos peões quando se apercebem que o carro não tem motorista.

As pessoas estão habituadas, em muitas situações, a analisar as reações dos condutores. Seja numa passadeira ou numa ultrapassagem existem muitas situações onde os peões “tiram partido” da reação do condutor.

Como ainda não é legal haver carros sem condutor esta é uma excelente forma de perceber como será o futuro, talvez próximo, deste setor.