«Não estamos preparados para a Inteligência Artificial», avisa Stephen Fry

“Quem te avisa, teu amigo é”, já dizia a sabedoria popular. Neste caso, o nosso amigo será Stephen Fry, e o aviso refere-se ao “tsunami” da Inteligência Artificial e da “sociedade humana 3.0”, para o qual o comediante e apresentador de televisão acredita que não estamos preparados.

Segundo um artigo da Marketing Week, no mais recente Festival de Marketing, Stephen Fry disse que a Inteligência Artificial é simultaneamente uma oportunidade única e o maior desafio para a sociedade desde a Revolução Industrial. Contudo, o comediante sente que não nos estamos a preparar de forma consciente para a nova era, e isso é preocupante.

“Não estamos preparados. Chegámos à era da Internet como sonâmbulos e quando acordámos, já tinha acontecido. Agora está a chegar a época da Inteligência Artificial e andamos a dormir”, explicou. “Estamos em perigo. Não é apenas a Inteligência Artificial, é a confluência da Internet of Things e a manipulação genética“.

Refletindo sobre o impacto da tecnologia nas expectativas do consumidor e como as marcas devem comunicar, Fry lembrou-se como se riu quando ele e um amigo se depararam um poster publicitário ainda em papel. “De repente, percebemos que hoje em dia tudo é em display screen. E isso só tem tendência a aumentar”.

“O mais importante é não nos deixarmos cegar com as novas invenções. Não nos podemos esquecer como funcionam os nossos cérebros”, rematou o famoso comediante britânico.