Jason Cone: «As ferramentas multimédia são importantes para contar histórias»

CRÉDITOS: THE FORWARD

Há uma nova exposição a dar que falar nos Estados Unidos. Combinando vídeo de 360 graus e realidade virtual, explica a crise dos refugiados ao público americano. Segundo um artigo publicado pela Fast Company, a exposição que dois profissionais dos Médicos Sem Fronteiras levaram a cabo para evidenciar as dificuldades dos refugiados.

A tecnologia envolvida nesta exposição permite perceber de uma forma realística a vida de um refugiado. De que origem é, que trajeto fez e quais os obstáculos que teve.

Jason Cone, diretor executivo dos Médicos Sem Fronteiras dos EUA, explica que existem 65 milhões de refugiados e iniciativas como estas que mostram as histórias destas pessoas através de ferramentas multimédia são muito importantes para dar outra perspetiva sobre esta problemática.