Millennials: redes sociais levam a um novo perfeccionismo

Os estudantes dos nossos tempos são mais perfeccionistas que os alunos de 1989, em cerca de 33%. Esta é a conclusão de um estudo recente realizado nos Estados Unidos, segundo um artigo do site Fast Company.

De acordo com o mesmo estudo, os social media serão um dos motivos para termos hoje alunos mais esforçados e aplicados. Afinal, se por um lado as redes sociais podem exercer bastante pressão na vida dos jovens, sendo responsáveis por depressões e autoestimas baixas, por outro, seguir a vida bem sucedida dos seus pares incentiva os estudantes a aplicar-se mais.

Num mercado cada vez mais saturado, os millennials e as gerações que lhes seguem têm consciência de que precisam de se esforçar para conquistar o nível de vida com que sonham.