Como criar o call to action ideal para os seus anúncios de viagem

Quatro segundos é o tempo necessário para o consumidor tomar uma decisão baseada em estímulos visuais. Uma eternidade, se considerarmos que o cérebro humano consegue interpretar imagens em 13 milissegundos.

Numa era onde a oferta de serviços está em todo o lado, o site Sojern defende que o segredo para as empresas destacarem o seu negócio está em puxar pela criatividade, de forma a inspirar potenciais clientes com informação que não encontram noutro lugar. Para o conseguir, torna-se essencial compreender o público alvo, garantindo que a mensagem chegue até ele com sucesso.

Lembre-se que só tem quatro segundos, por isso aposte numa mensagem clara e concisa. Como? Imagine que está a publicitar uma unidade hoteleira. Explore os atributos diferenciadores do seu serviço e construa uma narrativa que convença o consumidor de que após o “click”, tudo o que ele procura está ali. Considere os clientes indecisos e, se utilizar um vídeo, coloque o logótipo, aumentando assim em 300% as hipóteses de o cliente considerar a sua empresa.

Se a sua intenção for provocar um call to action, invista em estímulos visuais e mostre as amenidades de que o hóspede poderá desfrutar.

Ofertas e descontos de última hora são, também, uma ótima forma de chamar a atenção dos clientes que, nos dias que correm, não perdem a oportunidade de fazer um bom negócio.

Pense bem na intenção da comunicação . Se pretende aumentar a difusão da sua marca, aposte numa abordagem informativa. Se, por outro lado, pretende influenciar os utilizadores para realizarem decisões rápidas, invista em algo tão simples como um “Reserve já!”.